Total de visualizações de página

domingo, 22 de novembro de 2015


                                                 


SEM TÍTULO 

Me deleito com as palavras desgarradas, incoerentes, com a soltura das idéias inconsistentes, com o livre fluxo dos pensamentos desregrados.
Se tem uma coisa que restaura a energia mental é a falta de compromisso com a razão, é o direito de dispensar os paradigmas, de forma a não ser julgado. 
Porque que os nossos meios de expressão sempre devem ter algo a dizer? 
Em algumas instâncias e\ou circunstâncias, talvez dizer nada já seja dizer o que importa.
O fato de que nem tudo demanda um significado é que faz muitas coisas terem sentido.
Só de vez em quando, um repouso cortical, uma abstração protetora... 
(T)




 *primeira imagem acima do texto->artwork by Paulo Zerbato

Nenhum comentário:

Postar um comentário