Total de visualizações de página

sábado, 20 de setembro de 2014

                                                         






 Os últimos gritos de dor

Todos os ativistas que defendem o aborto nasceram e estão vivos, como já sugeriu Ronald Reagan em um discurso.Nada menos que um paradoxo.
Imagens e vídeos sobre o assunto, caso você procure, são puro horror.
O que falar sobre isso, um tema provocativo, que remexe com o pensamento dos pró e anti aborto ?
Não adianta esconder uma realidade acobertada pela hipocrisia.

O aborto provocado é um disfarce do quê, da falta de dignidade, de coragem, de ética ou espiritualidade do ser humano?????
Nas práticas humanas, o que se esconde é em grande parte motivo de vergonha e\ou passível de punição.
Se a censura pessoal ou as leis não castigarem, a vida se encarregará.
Não vou entrar no mérito da "legalidade" vigente em outros países, que protegem as mulheres que optam pela interrupção da gravidez indesejada.

No Brasil, em função do problema dos procedimentos clandestinos causando mortes maternas, recentemente foi sancionada a lei que garante o atendimento das pacientes do SUS, que necessitam fazer aborto, em casos de estupro ou anencefalia.
Também não vou julgar os que fazem. Quem sou eu para isso?
Todavia, como profissional da saúde, minha consciência e minhas convicções me induzem a falar sobre o assunto.
O ABORTO é um procedimento covarde e criminoso, uma forma de ASSASSINATO.

É comum na sociedade em escala assombrosa.
Em se sabendo que a vida começa na fecundação, é exatamente como se você tivesse um filho com quem você convivesse desde o nascimento, e depois de um tempo empunhasse um revolver e  atirasse nele.
É concebível moral ou judicialmente matar um filho?
O produto da concepção é um SER com direito a viver, e não parte ou propriedade do corpo feminino.

O corpo da mulher, além de contribuir para a fecundação, tem a função de incubadora da futura criança.
Quantas centenas de milhares de pretensas mães sonham e lutam para terem um filho, e injustamente (?) não podem gerar, enquanto outras tantas querem se "livrar."
Independente de opiniões, tudo o que se colocou aqui é a verdade reforçada por fatos.
A vida é um valor absoluto, incluindo outras espécies; quanto mais dentro da mesma.
Respire, olhe, cheire, deguste, fale, escute, caminhe, faça movimentos, toque, perceba como tudo funciona em você, desfrute de todas as sensações, da sensibilidade do seu corpo e da sua alma..como é bom existir e viver! 

Seja grato por isso, e se puder propague a idéia contra esse abominável ato do aborto.
"Mãe,  deixe eu nascer! ?!?"

 http://youtu.be/S0MokEi4ZW0

(TEGF)

                              A que gera é a mesma que mata....

                    Em um dos procedimentos do aborto provocado, o feto é despedaçado vivo.
                    
                            ...!?!?
                 







Nenhum comentário:

Postar um comentário