Total de visualizações de página

sexta-feira, 12 de abril de 2013



       ASPIRINA  : A  DROGA  MARAVILHA 

 Aspirina  ou ácido acetilsalicílico,aos 112 anos de idade ,é a droga mais popular do mundo ,não só por ser a mais vendida ,mas por sua polivalência.
    *A origem do nome vem : “A” de acetyl , e de “SPIR” de spireico ,composto derivado da planta Spiraea ulmaria, quimicamente idêntica ao ácido acetilsalicílico.Segundo a lenda o nome vem do Santo Aspirinus,que era Bispo de Nápolis,e padroeiro das dores de cabeça.

     


 Algumas curiosidades na linha do tempo:  

-Na Bíblia, em Levíticos: “as folhas e galhos do salgueiro que nascem nos riachos são medicinais”;
-1200 a.C,Deus aconselha Moisés a usar folhas de salgueiro;
-400 a.C,Hipócrates recomenda folhas do salgueiro para doenças dos olhos e no parto;
-50 a.C,Caius Plinius Secundus descreve os efeitos terapêuticos das folhas do salgueiro;
-1763 d.C,Edward Stone faz a primeira descrição dos efeitos antipiréticos da folha do salgueiro;
-1822 ,descobertos os efeitos nocivos do ópio,até então remédio utilizado para dor;
-1828,J. Buchner isolou o salicin;
-1838,Raffaele Piria converteu o “salicin” em ácido salicílico;
-1853,Charles Gerhard conseguiu chegar na estrutura e sintetizar o ácido acetilsalicílico;
-1877,o ácido salicílico é campeão de vendas em Londres;
-1897, Felix Hoffman simplifica o método de Gerhard e sintetiza o AAS.As anotações encontradas de Felix Hoffman:“Uma mistura preparada com 50 partes de ácido salicílico e 75 partes de anidrido acético é aquecida por cerca de 2 horas a cerca de 500 C num balão de refluxo. Um líquido claro é obtido do qual, quando resfriado, é extraído uma massa cristalina, que é o ácido acetilsalicílico. O excesso de anidrido acético é extraído por pressão e o ácido  acetilsalicílico é recristalizado em clorofórmio seco.”
-1898,a Bayer testa a droga em 50 pacientes e todos disseram que ela é bastante eficaz;
-1899,a Bayer registra a patente do produto e distribui  30 mil livretos de 200 páginas,para  médicos   europeus.É a primeira “mala direta” da história;
-mesmo tendo muitos adeptos havia uma desvantagem:a aspirina era pouco solúvel em água,e a forma comercial disponível era em pó,até que em 1900 a formulação foi aperfeiçoada e foi lançado o primeiro remédio em forma de tabletes.Até nisso ela inovou a medicina;
-1906 ,a imprensa da época chama a aspirina de “the wonder drug”;
-1924,o governo inglês fornece 20 mil libras para o cientista que conseguisse uma síntese alternativa da droga que fugisse da patente da Bayer;
-1915,George Nicholas ganha o prêmio,e é lançado o ASPRO,a aspirina inglesa;
-1922,o poeta Bastos Tigre lança o famoso slogan “Se é Bayer é bom “;
-1930,a invenção do gastroscópio (endoscopia antiga) mostrou as lesões gástricas provocadas pela aspirina;
-1969,a primeira equipe à descer na lua levou o remédio na bagagem;
-1971,o médico americano Nobel John Vane descobre o mecanismo de ação da droga;
-1989,o americano C.Hennekens descobre o efeito de proteção  sobre o coração;
-1999,comemoração mundial dos 100 anos da aspirina;
-hoje, a aspirinaácido acetilsalicílico – é a droga mais conhecida e usada em todo o mundo. Estima-se que já tenha sido consumido 1 x 1012 tabletes de aspirina. A cada ano, 50.000 tabletes de aspirina são vendidos mundialmente – isto sem contar as outras formas com que o AAS aparece no mercado, quer seja em outras marcas da aspirina ou, ainda, com outros analgésicos, cafeína ou vitamina C. 
     Sabemos que a dor é a manifestação de alarme mais importante do organismo, pois nos avisa sobre  ferimentos , distúrbios e enfermidades de menor ou maior gravidade.Nunca deve ser ignorada.
     Em nosso corpo temos um sistema de terminais nervosos distribuídos ao longo de toda sua extensão .Estes terminais são estimulados por fatores mecânicos,elétricos ,químicos e térmicos.
     A prostaglandina é um hormônio que desencadeia a dor por estimular esses terminais. Aí entra o efeito da aspirina,pois ela inibe a enzima ciclooxigenase (COX) responsável pela produção da prostaglandina e de outros mediadores da dor e inflamação.
     No combate à dor é eficaz em processos leves a moderados como cefaléias-enxaquecas, mialgias (dores musculares),dor de dente\dor    no ouvido,cólicas (menstruais e outras).
   * Nos quadros gripais leves e resfriados, ainda é uma boa opção para o alívio dos sintomas, desde que seja descartada a possibilidade de dengue hemorrágica .Nas viroses,muito cuidado  ,também ,nas crianças com varicela, pelo risco da síndrome de Reye (doença grave).
    *A ação antitérmica é eficaz em estados febris leves- entre 37,5°C e 38,5°C.
     Entre outros efeitos , a aspirina atua, também,na prevenção de doenças cardiovasculares.Devido a ação de antiagregação plaquetária (diminuição da aglutinação das plaquetas na formação dos coágulos) , reduz a incidência de infarto , AVC  e outros eventos circulatórios, por prevenir trombose (entupimento vascular-veias e artérias- com abolição da circulação).
     *Pode ser usada no combate às reações hansenianas leves (lepra) e a doença de Kawasaki, inflamação dos vasos sangüíneos de crianças, que ocasiona febre. Aí, age como antiinflamatório e também como antiagregante plaquetário, atenuando os processos infecciosos e inibindo a formação de coágulos no sistema circulatório.
    * Alguns estudos americanos sugerem que ela possa prevenir o câncer de cólon ,mama e pele,dentre outros tumores,mas ainda não há resultados consistentes.
     Seu maior efeito colateral é a agressão ao trato gastrointestinal .Mas com o processo de tamponação (adição de alguns elementos químicos ao AAS ),houve  diminuição desse efeito adverso.Outra idéia foi a encapsulação da aspirina com uma fina membrana à base de celulose, impedindo que o AAS fosse dissolvido no estômago, mas somente no intestino.
     Diante do que foi exposto,nenhuma outra droga tem tantas aplicações como o ácido acetilsalicílico, princípio-ativo de remédios como Aspirina (Bayer), Melhoral (Dorsay Monange), AAS (Sanofi-Aventis), Bufferin (Bristol-Myers Squibb), entre outros.É considerado um legítimo cinco em um: reiterando-analgésico,antitérmico,antireumático,antiinflamatório e antiagregante plaquetário.
     Não é porque o medicamento é bom e barato que as pessoas devem consumí-lo a cada incômodo que surge no corpo.
     É importante estar atento às indicações, contra-indicações e aos riscos desse comprimido , e de todos os outros,sem esquecer das interações com outros medicamentos.
     Sempre consulte o seu médico antes de visitar uma farmácia para  adquirir não só a aspirina, como qualquer medicação .


     Por – Thelma Eliza Ferreira Gregori
Médica Anestesiologista e Intensivista  ,em Londrina, no Serviço de Cirurgia Cardíaca do Norte do Paraná.
Cronista , Musicista.
Email: thelmagregori@gmail.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário