Total de visualizações de página

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013


                         
            Honestidade ,verdade...palavras solitárias ?


    
   



    Pobrezinhas ,tão à margem do nosso contexto social .Praticamente fora de moda?
    Estariam no recôndito das esperanças, isoladas na inspiração dos poetas ou apenas viraram comédia, conto ou ficção?
    Honestidade não é questão de política ou conveniência e sim de certo ou errado.
    Mas parece que a grife dos espertos está em alta ...por sinal, sempre atrelada a ludibriar ,dissimular ,enganar com a mira apontada a interesses escusos e duvidosos...
    Essa coisa lograda de contar "estórias", inventar desculpas é mentir duas vezes, pois são mentiras disfarçadas ,ou pior, falsidade ao quadrado.
    Muita insônia por aí deve-se  ao peso na consciência pelo imenso lastro de inverdades covardes que carregam-se (se bem que tem muito malandro por aí que dorme a noite inteira).
    Caminhar com transparência nos leva ao terno silêncio da paz ,que é tão mais simples do que usar a camuflagem pesada, obscura e incerta do embuste.
    Boa fé é ser coerente com a realidade ,além de provar amor a si e à vida. Fugir disso é perder-se, trair-se, derrotar-se​ ,afundar-se.
    Como é triste ver homens barbados falando bobagens convictas sem qualquer credibilidade, praticando falcatruas ,ou mulheres feitas, afeitas a, e empenhadas em fofocas, boatos e acreditando na verdade das mentiras.
    Nada de querer rotular uma sociedade como mascarada, por simples falácia, mas o que é fato não se discute....apenas constata-se!
    Uma das coisas que se podem doar e conservar ao mesmo tempo é a palavra,e é nela que emoldura-se a referência de um bom e respeitável nome. Esse é o único que marca sua história ,depois que você morre.
    A simples palavra de uma pessoa deveria ser um documento de confiança e credibilidade, inquestionáveis ,indeléveis e sem testemunhos legais.
    A verdade sempre é o melhor argumento, e nunca deveria cair de moda .Por pior que ela seja sempre tem efeito libertador.
    A pessoa honesta carrega consigo a maioria das virtudes, cuida de sua própria vida,conserva-se no seu lugar e sabe evitar maus encontros.
   Nunca acreditei na eficácia e na utilidade das mentiras, mesmo que por vantagens momentâneas...elas sempre se autodestroem e causam muito estrago.
   A verdade é filha do tempo, sempre vem com toda força...altiva e imponente.
   Mas, querendo ou não ,a honestidade mesmo sendo sempre elogiada teima em morrer de frio.
  Por que será?  


(TEFG)



Nenhum comentário:

Postar um comentário